Japão corta taxa de juros para 0,1%

O Banco Central do Japão anunciou nesta sexta-feira que vai cortar sua taxa de juros de 0,3% para 0,1%, em uma tentativa de estimular a economia do país. A entidade confirmou ainda que vai aumentar compra de ações do governo japonês de 1,2 trilhão de ienes para 1,4 trilhão (equivalente a US$ 15,7 bilhões) por mês.

BBC Brasil |

Ainda nesta sexta-feira, o governo japonês divulgou a previsão de que a economia do país vai ter crescimento zero no ano fiscal que começa em abril de 2009 termina em março de 2010.

Esta é a primeira previsão de não-crescimento do PIB por parte do governo japonês em sete anos.

Queda de rendimentos
O governo também revisou a projeção de crescimento para o atual ano fiscal, afirmando que a economia irá encolher cerca de 0,8%, ao invés de crescer 1,3%, como havia sido previsto em julho.

Uma pesquisa divulgada no início desta semana indica que a confiança nos negócios no país atingiu seu pior nível em 34 anos.

Grandes empresas japonesas, como a Sony e a Honda acreditam que seus rendimentos vão cair drasticamente, enquanto muitas firmas de pequeno e médio portes estão entrando em falência.

Em uma tentativa de estimular a economia, na semana passada, o governo japonês anunciou um pacote de ajuda de US$ 255 bilhões.

No terceiro trimestre deste ano, economia do país apresentou uma contração de meio ponto percentual. A estimativa anterior previa queda de apenas 0,1 ponto percentual.

    Leia tudo sobre: japão

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG