O governo japonês considerou que a visita nesta terça-feira do primeiro-ministro sul-coreano a ilhas reivindicadas por ambos os países é incorreta, informou a agência de notícias japonesa.

O primeiro-ministro Han Seung-Soo, acompanhado de outros dois ministros, visitou o contingente policial sul-coreano presente nas ilhas Dokdo --chamadas de Takeshima no Japão-- e inaugurou um monumento que proclama que "as ilhas Dokdo pertencem ao território sul-coreano".

Esta visita é "incorreta", disse o porta-voz do governo japonês Nobutaka Machimura, citado pela Kiodo.

sct-gca/dm

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.