Japão confirma 1 morto em terremoto que feriu 120

Tóquio, 12 ago (EFE).- A Polícia japonesa confirmou hoje que uma mulher de 43 anos morreu nesta terça-feira em virtude do terremoto de 6,5 graus na escala Richter que atingiu a província de Shizuoka (centro) e deixou outras 120 pessoas feridas.

EFE |

A mulher morreu esmagada por uma estante de livros em casa, em Shizuoka, a cidade mais afetada pelo terremoto e onde residia a maioria das 120 pessoas feridas.

A Polícia de Shizuoka não tinha reconhecido até hoje que essa mulher era vítima direta do terremoto, que afetou também cinco mil casas da província.

O terremoto aconteceu às 5h07 de terça-feira (17h07 de segunda em Brasília) e forçou também o fechamento temporário de dois reatores nucleares e a paralisação durante duas horas do serviço de trem-bala na região.

O fato de o tremor ter acontecido relativamente perto da superfície fez com que fosse sentido com muita intensidade em uma ampla área do centro do Japão.

Segundo informou hoje a agência de notícias "Kyodo", mais de 120 pessoas ficaram feridas, a maioria levemente, pelo terremoto, o maior ocorrido em Shizuoka desde 1944. EFE psh/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG