Japão censura Rússia por legitimar independência de Abkházia e Ossétia do Sul

Tóquio, 27 ago (EFE).- O Governo japonês lamentou hoje o fato de a Rússia ter reconhecido a independência das regiões georgianas da Abkházia e da Ossétia do Sul.

EFE |

"O Japão apóia a solução pacífica baseada no princípio da integridade territorial da Geórgia", disse o ministro japonês de Assuntos Exteriores, Masahiko Komura, em um comunicado oficial divulgado de madrugada (hora local).

"É lamentável que a Rússia, de maneira unilateral, tenha reconhecido a independência das duas províncias", acrescenta a nota.

Nesta terça-feira, o Japão expressou aos representantes diplomáticos da Rússia em Tóquio sua "séria preocupação" com o apoio de Moscou às aspirações separatistas das duas regiões georgianas, segundo a agência de notícias "Kyodo".

O diretor-geral da divisão européia do Ministério de Assuntos Exteriores do Japão, Yasuaki Tanizaki, se reuniu com o representante de Assuntos Exteriores da embaixada da Rússia no Japão, Mikhail Galuzin, e pediu a este a pronta assinatura de um acordo de paz.

"O Japão espera que a Rússia, como membro do G8 (os sete países mais desenvolvidos do mundo e a Rússia), tome ações responsáveis para a estabilidade da região", disse Tanizaki após o encontro. EFE icr/sc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG