Japão buscará solução para seqüestros de japoneses pela Coréia do Norte

Tóquio, 12 out (EFE).- O Governo japonês insistiu hoje na necessidade de solucionar os seqüestros de seus cidadãos pela Coréia do Norte nos anos 70, após os Estados Unidos terem retirado o regime comunista da lista de países que patrocinam o terrorismo.

EFE |

O ministro de Exteriores japonês, Hirofumi Nakasone, disse também em comunicado que o Japão continuará trabalhando com os EUA e com o resto dos países que integram as negociações de seis lados para a desnuclearização da Coréia do Norte.

"O Japão fará tudo o que puder, em colaboração com os EUA e com o resto dos países envolvidos, para avançar nas relações com a Coréia do Norte, incluindo o assunto de seus cidadãos seqüestrados, junto com o litígio nuclear", disse Nakasone, segundo informa a agência de notícias japonesa "Kyodo".

"O Japão acredita que, para desnuclearizar a península da Coréia, objetivo das negociações de seis lados, é extremamente importante construir um marco concreto para uma verificação efetiva", acrescentou.

Os Estados Unidos anunciou neste sábado a retirada da Coréia do Norte de sua lista de países patrocinadores do terrorismo, após assegurar que Pyongyang concordou em abrir suas instalações nucleares à inspeção internacional e a verificar seu potencial atômico. EFE psh/ma

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG