Jan Fischer será nomeado premiê tcheco amanhã

Praga, 9 abr (EFE).- O presidente da República Tcheca, Vaclav Klaus, anunciou hoje que iniciará amanhã a nomeação do independente Jan Fischer como primeiro-ministro, por proposta dos dois principais partidos do Parlamento, conservadores e social-democratas.

EFE |

"O presidente decidiu nomear Jan Fischer ao cargo de chefe do Governo na quinta-feira, dia 9 de abril", informou a Presidência, em comunicado.

Este passo é um marco importante para resolver a crise política na República Tcheca, que possui neste semestre a Presidência rotativa da União Europeia (UE).

Essa nomeação faz parte do acordo entre os partidos governamentais e a oposição social-democrata, e que também inclui o apoio à posse de Fischer e sua equipe, assim como a realização de eleições antecipadas antes de 15 de outubro.

Fischer, de 58 anos, anunciou hoje que retomará as gestões para formar Governo "após as festas da Páscoa".

Esse Executivo deveria ser nomeado pelo presidente tcheco até 9 de maio, no máximo.

O atual chefe de Governo, Mirek Topolanek, apresentou a Klaus a lista dos deputados que apoiam este acordo, que tem um amplo respaldo na Câmara Baixa.

O Executivo de coalizão de Topolanek caiu em 24 de março em uma moção de censura iniciada pelos social-democratas.

Os partidos da coalizão poderão propor oito membros do novo Gabinete e os social-democratas, os ministros das sete pastas restantes.

No entanto, os democrata-cristãos e os Verdes, ambos no atual Executivo, declararam esta semana que ficarão à margem da formação desse Governo. EFE gm/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG