Todos os passageiros de um avião da companhia canadense CanJet que foram tomados como reféns em um aeroporto da Jamaica foram liberados ilesos, mas a tripulação permanece retida por um homem armado, informou a empresa.

Segundo o canal americano CNN, o sequestro aconteceu quando os passageiros embarcavam em um voo da CanJet no aeroporto internacional de Sangter, em Montego Bay, com destino a Halifax, Canadá, domingo à noite.

A companhia aérea não informou quantos passageiros estavam a bordo, mas o chefe de polícia Dereck Robinson informou à CNN que 150 pessoas deveriam viajar no avião.

mk/fp

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.