A empresa de carros de luxo Jaguar anunciou nesta quarta-feira o fim da produção de seu modelo mais barato, o X-Type, no final do ano, o que deverá acarretar a supressão de até 300 empregos de sua fábrica de Halewood (noroeste da Inglaterra).

A Jaguar, filial do grupo indiano Tata Motors - que a adquiriu em 2008 junto com a também britânica Land Rover -, afirmou que a decisão era necessária para conservar a capacidade de investimento do grupo.

As vendas da Jaguar Land Rover diminuíram 28% nos 10 últimos meses, recordou o dirigente de ambas as marcas, David Smith.

A Jaguar Land Rover já cancelou 2.200 postos de trabalho nos últimos meses para enfrentar a queda de suas vendas devido à crise.

Com o X-Type, lançado em 2001 e com preço oscilando entre 20.000 e 30.000 libras (23.000/35.000 euros, 33.000/49.000 dólares), a Jaguar buscava conquistar um segmento menos exclusivo do mercado.

Mas este automóvel não cumpriu as expectativas de vendas e, segundo a imprensa britânica, representou um desastre em termos financeiros.

fpo-ra/sd

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.