Dois jacarés anões - conhecidos como jacaré-paguás - conseguem reconhecer seus próprios nomes após serem treinados, segundo um aquário na região de Cheshire, na Grã-Bretanha. Os pequenos répteis, chamados Paleo e Suchus, estão aprendendo até mesmo quando podem abrir suas bocas, segundo o Blue Planet Aquarium, no porto de Ellesmere.

Esse tipo de treinamento já obteve sucesso com mamíferos, mas essa é uma das primeiras vezes que é usado em répteis.

"Eles são muito inteligentes e começaram a responder a seus nomes em apenas alguns dias", disse o gerente do aquário, Tom Cornwall.

Os jacarés recebem alimentos como prêmio quando reagem da forma esperada durante o treinamento.

'Atividades enriquecedoras'
O programa é baseado em um projeto similar em operação no famoso Madras Crocodile Bank Trust, na Índia.

Depois que o treinamento for concluído, o time do aquário irá criar uma série de 'atividades enriquecedoras' para os animais.

"(O treinamento) permitirá que nós possamos nos aproximar deles, examiná-los e tratar potenciais problemas de saúde, e permitirá também que criemos tarefas e exercícios que imitem o tipo de comportamento que teriam em seu habitar selvagem", disse Cornwall.

Geralmente encontrado na América do Sul, o jacaré-paguá geralmente vive em água doce, como rios, entre eles o rio Amazonas, pantanais e grandes lagos.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.