Já são 56 os mineiros mortos em dois acidentes em minas chinesas

(atualiza o número de mortos da mina de Heilongjiang) Pequim, 21 set (EFE).- O número de mineiros mortos este fim de semana em dois acidentes na China subiu para 56 depois que as equipes de socorro recuperassem 14 corpos da mina incendiada no nordeste do país, informou a agência de notícias Xinhua.

EFE |

Outros 12 trabalhadores permanecem desaparecidos, e com poucas possibilidades de sobreviver, no interior da Mina de Carvão de Fuhua, na província de Heilongjiang, onde no sábado aconteceu um incêndio no qual, por enquanto, morreram 19 homens.

O fogo continua sendo apagado e a densidade de gases tóxicos nas galerias aumenta, o que dificulta os trabalhos de resgate, disse um porta-voz da cidade de Hegang, onde fica o poço.

Cinco responsáveis pela mina se encontram sob custódia policial e suas contas bancárias foram congeladas, enquanto as autoridades averiguam as causas deste novo acidente no setor hulheiro chinês.

No último deles, acontecido hoje, pelo menos 37 mineiros morreram após uma explosão de gás em uma jazida da província central de Henan.

O acidente aconteceu na madrugada, quando 108 mineiros se encontravam trabalhando no interior da Mina de Carvão Número 2 de Xinfeng, ao sudoeste da cidade de Dengfeng. EFE mz/ma

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG