Já são 40 os mortos no acidente com o avião na República do Congo

Quarenta pessoas morreram e 111 ficaram feridas no acidente de um avião de uma companhia congolesa na terça-feira, em Goma, leste da República Democrática do Congo (RDC, ex-Zaire), segundo um novo balanço comunicado nesta quarta-feira pelo govero da província.

AFP |

As autoridades também informaram que a caixa preta do avião foi encontrada.

O aparelho da companhia particular Hewa Bora do Congo, um DC9 alugado, ia de Goma para Kinshasa, e caiu no bairro popular de Bierre às 14h30 locais (09h30 de Brasília) um pouco depois de decolar.

Esse acidente ocorreu menos de seis meses após a queda de um Antonov 26 caiu em um bairro popular da capital, deixando 50 mortos.

O acidente provocou a destituição do ministro do Transportes da época, por "incompetência", mas não foram tomadas medidas para reformar o setor aéreo do país, cuja frota é formada essencialmente por aparelhos usados de fabricação soviética, que muitas vezes não respeitam as leis da aviação civil.

str-sb/cn/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG