Já são 4 os mortos pela gripe no Uruguai

(Atualiza com mais uma morte) Montevidéu, 2 jul (EFE).- Um homem de 59 anos e duas mulheres, uma de 56 e outra de 54, são as três novas vítimas fatais da gripe suína no Uruguai, elevando para quatro o total de mortos pela doença no país.

EFE |

A mulher de 56 anos já possuía diversos problemas de saúde, como diabetes. Por isso, o vírus A(H1N1) foi a "gota que transbordou o copo", explicou o diretor de Saúde do Governo uruguaio, Jorge Basso.

As outras vítimas também passaram vários dias sob internação e sofriam com diversas doenças.

Basso não quis alarmar a população com os falecimentos e comparou estas duas mortes com as que ocorrem normalmente durante o inverno.

Segundo o diretor de Saúde, morrem anualmente no Uruguai entre 60 e 70 pessoas em consequência da gripe comum.

De acordo com o último relatório do ministério da Saúde do Uruguai, há no país 45 casos confirmados da gripe.

O Ministério destacou que as baixas temperaturas do inverno motivam a aparição de "numerosos quadros" similares aos da gripe, mas também com os de outras doenças.

A maioria desses quadros sintomáticos "transcorrem sem complicações, como qualquer gripe comum", assegura o Ministério.

Apesar do nome, a gripe suína não apresenta risco de infecção por ingestão de carne de porco e derivados. EFE amr-crr/bba

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG