Ivan Lessa: Jesus era gay?

Elton John, uma espécie de Caetano Veloso só que de peruca ruiva, em controvertida entrevista para revista americana Parade, nas boas bancas nesta sexta-feira, dia 26, andou tecendo, bordando e crocheteando comentários que deram o que falar, sussurrar e berrar. Diz a uma certa altura o consagrado intérprete e compositor, que é também cavaleiro do reino, que Nosso Senhor Jesus Cristo além de misericordioso, coisa que sabíamos, compreendia os problemas humanos, coisa que desconfiávamos.

BBC Brasil |

Logo em seguida, Elton salta para um tom maior, ou menor, dependendo do ponto de vista, e enfatiza que "Jesus era um gay super-inteligente", coisa que ocorreu a pouquíssimas pessoas. Mas pouquíssimas mesmo. Um porta-voz da Igreja Anglicana declarou o seguinte: "As reflexões de sir Elton sobre Jesus, que nos conclama a todos a amar e perdoar, é compartilhada por todos os cristãos."
Lendo outros trechos vazados da entrevista de sir Elton deparamo-nos com sua reflexão sobre o Oriente Médio onde, segundo ele, uma mulher gay já pode ser considerada praticamente morta. Sobre orientais médios gays nada teve a dizer, ao que parece. Refletiu ainda o entrevistado que a "fama atrai lunáticos", citando os exemplos da princesa Diana, Gianni Versace, Michael Jackson e John Lennon. Observando em seguida, sagaz que é, estarem todos os mortos e que "dois foram mortos a tiros perto de suas residências. Nada disso teria acontecido se não fossem famosos. Eu nunca tive guarda-costas, nunca, até que Gianni morreu."
Portanto, lunáticos do mundo inteiro, nada de ideias de jerico. Agora o buraco é mais embaixo. Sir Elton John tem guarda-costas.

Por falar em ideia de jerico, leio nas folhas também que as leis britânicas que salvaguardam os direitos humanos e de igualitários estão pensando em tornar ilegal aos colégios deste país forçarem as meninas e mocinhas a usarem saias. Por que? Porque o uso forçado de saias discrimina contra transexuais. Parece-me justo. Estou certo que o uso obrigatório de saias atenta contra a liberdade não só de estudantes, de todos os sexos, como de adultos também. Estou certo que Diana, a princesa de Gales, Gianni Versace, Michael Jackson, John Lennon e sir Elton John (seu guarda-costas inclusive) concordariam comigo.

Em tempo: calcula-se que há na Grã-Bretanha, no momento, cerca de 5 mil transexuais adultos. Desconhece-se quantos ainda se encontram em estado de gestação ou mera formação. Não há nenhum dado sobre o número de lunáticos.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG