Italiano tenta entrar em presídio com dentadura feita de maconha

Roma, 5 jan (EFE).- Um italiano tentou entrar no presídio Marassi, em Gênova, no noroeste do país, com uma prótese dentária feita de maconha, informaram fontes da Polícia penitenciária.

EFE |

Durante a habitual revista para entrar no presídio, os agentes detectaram "a substância entorpecente habilmente oculta na boca no lugar de alguns dentes que faltavam ao homem; em suma, uma prótese dentária feita de maconha", disse Roberto Martinelli, secretário-geral adjunto do Sindicato Autônomo da Polícia Penitenciária.

Martinelli acrescentou que na região da Ligúria, à qual pertence Gênova, a percentagem de detidos usuários de drogas é a mais alta da Itália, 39% contra 25% do resto das prisões do país.

O secretário-geral do sindicato elogiou o profissionalismo dos agentes, mas pediu mais meios para evitar que drogas entrem em presídios. EFE cps/bba

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG