Itália suspende aulas em 2 escolas de Roma por causa da gripe

Roma, 22 mai (EFE).- O vice-ministro da Saúde italiano, Ferruccio Fazio, ordenou hoje o fechamento de duas escolas em Roma por sete dias como medida de precaução, depois de quatro estudantes terem sido diagnosticados com a gripe suína.

EFE |

Estas são as duas primeiras escolas fechadas na Itália para combater o contágio da gripe, uma das medidas preventivas de segurança cogitadas pelo Ministério da Saúde.

Os quatro estudantes que estão doentes retornaram no dia 19 de maio de uma viagem aos Estados Unidos, e apresentaram sintomas da gripe.

Com esses novos casos, sobe para 14 o número de doentes confirmados na Itália.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) informou ontem que o número de casos confirmados chega a 11.034 em 41 países, com 85 mortes.

Apesar do nome, a gripe suína não apresenta risco de infecção por ingestão de carne de porco e derivados. EFE fab/mh

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG