pontos para imigrantes - Mundo - iG" /

Itália quer adotar sistema de pontos para imigrantes

ROMA - O governo italiano quer introduzir uma espécie de permissão de residência por pontos para os imigrantes. Aqueles que não conseguirem a pontuação poderão ser expulsos, segundo confirmou nesta sexta-feira o Ministério do Interior.

EFE |

A medida prevê renovar a permissão de moradia dos imigrantes que alcançarem 30 pontos, que devem ser conquistados cumprindo determinados requisitos por dois anos.

Entre os requisitos estão falar italiano, conhecer a Constituição, inscrever-se no serviço de saúde nacional, ter um contrato de habitação e filhos escolarizados e não ter cometido delitos.

O Ministro do Interior da Itália, Roberto Maroni, explicou na quinta-feira que os escritórios de imigração vão avaliar o cumprimento dos objetivos para renovar a permissão de residência.

No caso de os imigrantes não terem cumprido com as exigência, as autoridades poderão conceder outro ano para conseguir os 30 pontos ou poderão expulsar os imigrantes.

Segundo a imprensa local, por enquanto a medida é um projeto, mas o governo quer ter preparado dentro de dois meses o decreto lei que introduzirá essa nova modalidade, denominada de "acordo de integração", para renovar a permissão de residência.

A medida já recebeu as primeiras críticas. Segundo Livia Turco, responsável de Imigração para o opositor Partido Democrata (PD), ela "criará obstáculos à integração e favorecerá as irregularidades".

Em resposta às críticas, Maroni afirmou que se trata de "um sistema de integração que sugere ao imigrante incorporar-se à comunidade. Se o fizer, ganhará a permissão de residência. Caso contrário, terá de explicar por que não quer se integrar".

Maroni anunciou que o governo oferecerá os cursos de italiano para os imigrantes.

Leia mais sobre Itália-imigrantes

    Leia tudo sobre: imigrantes ilegaisimigraçãoitália

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG