Roma, 20 fev (EFE).- A Polícia italiana desferiu hoje um novo golpe contra a Camorra, a máfia napolitana, ao deter Pasquale Giovanni Vargas, incluído na lista dos 100 criminosos mais procurados do país.

Vargas, de 43 anos, foi detido na companhia de uma mulher, também levada pela Polícia, em um apartamento na localidade de Giugliano, em Campânia (sul). Segundo informações, ele não resistiu à prisão.

O mafioso é considerado um foragido da Justiça desde 2005, quando foi condenado a 12 anos de prisão por fazer parte da máfia.

Para a Polícia, Vargas é o braço direito de Francesco Bidognetti, o chefe do clã dos Casaleses, o mais poderoso da Camorra. Ele também seria o encarregado de recolher os pagamentos feitos ao grupo. EFE ccg/sc

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.