Itália prende 68 mafiosos na região de Nápoles

A polícia italiana prendeu nesta terça-feira 68 supostos membros da camorra, a máfia napolitana, anunciaram as autoridades.

AFP |

A polícia de Nápoles informou ainda que durante a operação foram apreendidos bens avaliados em cinco milhões de euros (6,8 milhões de dólares), incluindo algumas contas bancárias em Mônaco.

Os indivíduos detidos são acusados de homicídio, formação de quadrilha, tráfico de droga e lavagem de dinheiro.

As ordens de prisão tiveram como objeto essencialmente a família Amato-Pagano, que enfrenta o clã Paolo Di Lauro no bairro napolitano de Scampia.

A guerra entre as duas famílias deixou dezenas de mortos nos últimos anos.

O chefe da família Amato-Pagano, Raffaelle Amato, 44 anos, foi preso no domingo na Espanha.

ljm/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG