Itália prende 14 supostos membros de poderoso clã mafioso

Roma, 31 mar (EFE).- A Polícia italiana deteve hoje 14 supostos membros do poderoso clã dos Casaleses, entre os quais se encontram o pai e o irmão de Michele Zagaria, considerado um dos chefes da Camorra, movimento mafioso com origem na cidade de Nápoles.

EFE |

A operação policial, da qual participaram 120 agentes, aconteceu nas regiões de Campânia e Sardenha. Entre os detidos está Carmine Zagaria, de 42 anos, irmão do chefe da Camorra, incluído na lista dos dez criminosos mais procurados do país, e o pai de ambos, Nicola, de 83 anos.

Durante a batida, na qual também foram presas outras doze pessoas acusadas de pertencer ao clã dos Casaleses, também foram encontrados alguns bunker que teriam servido para esconder o chefe do grupo durante seus doze anos de clandestinidade.

Além disso, foram confiscados bens que, somados, totalizam aproximadamente 30 milhões de euros, patrimônio adquirido pelo clã graças a atividades ilegais.

Com esta operação, a Polícia espera conseguir se aproximar do paradeiro de Michele Zagaria, que junto com Antonio Iovine, é considerado chefe do clã mais poderoso e impiedoso da Camorra e foi condenado várias vezes à prisão perpétua por homicídios e associação mafiosa. EFE ccg/fm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG