derramamento de sangue no Irã - Mundo - iG" /

Itália pede fim de derramamento de sangue no Irã

Roma, 21 jun (EFE).- O ministro das Relações Exteriores italiano, Franco Frattini, expressou hoje a preocupação do Governo com a violência no Irã e pediu às autoridades iranianas que adotem medidas para criar as condições de paz que evitem o derramamento de mais sangue.

EFE |

"A violência é inimiga do Irã, de sua história e de sua tradição", afirmou o ministro em comunicado, no qual pede às autoridades de Teerã para alcançar uma "solução pacífica" que coloque fim à onda de violência que começou após as eleições presidenciais.

O chanceler defendeu que se investigue "com imparcialidade" e de maneira completa "qual foi a vontade expressada pelo povo" nas eleições, vencidas pelo atual presidente, Mahmoud Ahmadinejad, e questionadas pela oposição.

A Itália, acrescentou Frattini, acompanha atentamente a situação no Irã e instruiu a embaixada italiana em Teerã a "acolher e ajudar" os manifestantes feridos e prestar assistência onde sua presença for requerida. EFE jl/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG