Itália pede aos que voltarem do México para ficar em casa

Roma, 30 abr (EFE).- As autoridades sanitárias italianas recomendaram hoje aos cidadãos que estão voltando do México para ficar em casa durante sete dias a partir do dia de entrada na Itália.

EFE |

"A epidemia da nova gripe humana A (H1N1) parece que se caracteriza por uma transmissão elevada, mas seu desenvolvimento clínico mais parece benigno, com sintomas não muito graves de uma gripe normal sazonal", segundo uma nota divulgada de Luxemburgo pelo subsecretário da Saude italiano, Ferruccio Fazio.

O comunicado indica que, "por causa da rápida transmissão e da ausência de imunidade por parte da população, convida-se, com efeito imediato, a todos os cidadãos que voltam do México e que trabalham em ambientes fechados e em contato com grupos que fiquem em casa sete dias a partir do dia de entrada na Itália".

Segundo Fazio, durante os sete dias "devem se manifestar nos supostos doentes uma sintomatologia febril, e nesse caso será preciso entrar em contato imediato com o médico ou o centro médico".

EFE cps/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG