Itália: Liga Norte consegue 8% dos votos e Itália dos Valores obtém 4%

Roma, 15 abr (EFE).- A Liga Norte, partido da lista do Povo da Liberdade de Silvio Berlusconi, conseguiu uma grande ascensão nas eleições italianas, ao obter 8% dos votos, assim como a legenda Itália dos Valores, que conseguiu 4%.

EFE |

Segundo dados definitivos do Ministério do Interior italiano sobre as eleições italianas, a Liga Norte obteve 8,06% no Senado.

Essa porcentagem concede 25 senadores à legenda, junto com os 141 do Povo da Liberdade e os dois do Movimento pela Autonomia.

Além dessas cadeiras, há os senadores escolhidos pelos italianos no exterior - três legisladores, segundo dados ainda provisórios do Ministério do Interior -, que lhe permitirão maioria absoluta.

Na Câmara dos Deputados, a Liga Norte tem 8,29% e 60 cadeiras, que também se somam às 272 do Povo da Liberdade e às 8 do Movimento pela Autonomia, o que também concederá maioria à coalizão de Berlusconi nessa casa.

As porcentagens da Liga Norte são o dobro das obtidas em 2006, e refletem um maior número de eleitores não só em seus dois redutos tradicionais, a região do Vêneto e Lombardia, mas também em outras províncias do norte, como Emilia Romagna e Piemonte.

O partido Itália dos Valores, dirigido pelo juiz Antonio Di Pietro, obteve 4,31% no Senado (14 senadores) e 4,37% da Câmra dos Deputados (28 deputados).

Assim, a força política de Di Pietro, juiz que se tornou famoso durante a instrução do caso "mãos limpas" sobre a corrupção política na Itália, aparece apoio do Partido Democrata (PD).

Ainda à espera da apuração definitiva do voto no exterior, o Partido Democrata e Itália dos Valores terão 130 senadores e 239 deputados. EFE alg/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG