Roma, 22 set (EFE).- O Conselho de Ministros da Itália decidirá amanhã a possibilidade de destinar mil militares à região de Campânia, no sul do país, para ajudar na luta contra a Camorra, a máfia local.

"Avaliaremos amanhã se é necessário em Campânia ajudar as forças da ordem enviando militares como já foi feito, com ótimos resultados, nas cidades", explicou o Ministro do Interior, Roberto Maroni.

O ministro da Defesa, Ignazio La Russa, se mostrou disponível a dar sua autorização para destinar mil novos soldados para trabalhos de segurança em Campânia.

"Estamos discutindo sobre as modalidades, mas acho, que quando serve, as Forças Armadas podem ajudar nas tarefas de segurança que são um dever das forças da ordem", acrescentou La Russa. EFE ccg/rr

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.