Itália dará apoio à missão de paz da União Africana em Darfur

Roma, 17 dez (EFE).- O Exército italiano dará apoio logístico à missão de paz que a União Africana (UA) realiza na conflituosa região sudanesa de Darfur, anunciou hoje o ministro da Defesa da Itália, Ignazio La Russa.

EFE |

La Russa fez este anúncio em entrevista coletiva realizada em Roma e que também contou com a participação do chefe de Estado-Maior, Vincenzo Camporini.

"Terá a missão de proteger as povoações locais da limpeza étnica.

A iniciativa será administrada pela União Africana, que, como não tem meios aéreos para usar, pediu à Itália que se ocupe do transporte aéreo das tropas", declarou Camporini.

Sobre o problema da pirataria que atinge a Somália, La Russa disse que o Exército da Itália está preparado para intervir caso seja necessário.

"A luta contra a pirataria só com a identificação dos navios corre o risco de se transformar em uma inútil mobilização de tropas, que não seja capaz de lutar eficazmente contra o fenômeno" da pirataria, declarou o ministro.

Quanto a outra das áreas conflituosas do planeta na qual a Itália tem presença, o Afeganistão, La Russa disse que os novos 600 soldados italianos que irão para o país asiático no próximo ano usarão a força quando for necessário, "para prevenir qualquer atividade que tenha algum tipo de matiz terrorista".

O ministro da Defesa da Itália anunciou no dia 10 de dezembro que em 2009 aumentará de forma temporária, e só durante seis meses, a presença de suas tropas no Afeganistão de 2.200 para 2.800 militares. EFE mcs/fal

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG