Itália confirma primeiro caso de novo vírus da gripe

ROMA (Reuters) - A Itália confirmou no sábado seu primeiro caso de gripe H1N1, mas afirmou que o paciente se recuperou depois de apresentar sintomas bastante leves do novo vírus. O subsecretário do Ministério da Saúde, Ferruccio Fazio, que chefia a unidade do governo para crise relacionada à gripe, afirmou que um homem de 50 anos tinha sido hospitalizado na cidade de Massa, na região da Toscana, em 27 de abril depois de retornar da Cidade do México.

Reuters |

"Ele estava reclamando de tremores, dores musculares e tosse, mas não teve febre", disse Fazio em entrevista à imprensa, explicando que o homem depois teve um teste positivo para a nova gripe.

Ele foi tratado com antivirais e se recuperou.

Fazio explicou que existem outros 13 casos suspeitos na Itália que estão sendo avaliados. Além disso, uma aeromoça e outros tripulantes que voltaram de Cancun nesta semana estão sendo monitorados.

"Nenhum dos casos sob avaliação é sério. Parece ser uma gripe particularmente benigna, sem risco de morte", disse Fazio.

(Por Silvia Aloisi, com reportagem adicional de Silvia Ognibene)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG