Itália aprova em definitivo reforma educacional

O Senado italiano aprovou nesta quarta-feira uma polêmica reforma do ensino, na véspera de uma greve geral, anunciou a imprensa local.

AFP |

O decreto governamental, já aprovado pela Câmara dos Deputados e e adotado no Senado por 162 votos contra 134, vira assim lei.

A oposição, assim como os manifestantes, que multiplicaram os protestos nos últimos dias, queria a retirada do texto, que prevê a introdução de uma nota de conduta como requisito para aprovar o curso e o fim de 86.000 postos de trabalho, entre professores e funcionários fora do corpo, assim como o corte de oito bilhões de euros dos gastos com educação.

O governo do primeiro-ministro conservador Silvio Berlusconi tem maioria absoluta no Parlamento.

fmi/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG