Itália apreende uma tonelada de cocaína procedente do Brasil

Carregamento está avaliado em mais de 200 milhões de euros

AFP |

Um carregamento de uma tonelada de cocaína pura, avaliado em mais de 200 milhões de euros, foi apreendido num contêiner no porto de Gioia Tauro (Calábria, sul) proveniente do Brasil, anunciou o Corpo de Carabineiros italianos em comunicado.

"Trata-se da maior apreensão feita nos últimos 15 anos na Itália", segundo o texto.

A droga, escondida em tratores agrícolas transportados por um navio, estava destinada aos mercados italiano, do centro e do norte da Europa.

"Começamos a suspeitar quando descobrimos que alguns tripulantes brasileiros (do cargueiro) não estavam com os documentos regularizados", declarou à AFP o comandante dos carabineiros, Salvatore Cagnazzo, responsável pela investigação.

"Nossa ação contou com o apoio da SOCA", a Serious Organised Crime Agency (a Agência de luta contra o crime organizado) britânica, acrescentou Cagnazzo.

"Quando passamos o scanner, descobrimos a droga em tubos metálicos", precisou.

"Estamos diante de um novo fluxo no mercado da droga, uma nova rota de narcóticos", declarou à imprensa o magistrado Giancarlo Capaldo, da direção antimáfia de Roma.

"Até o momento, o tráfico da droga com destino ao norte da Europa passava pelos portos holandeses, mas desta vez, os traficantes se serviram de um porto na Calábria", acrescentou o juiz.

Gigoia Tauro é um dos maiores portos comerciais da Europa.

A droga aparentemente era destinada à Grã-Bretanha, Holanda, além da região da Lombardia, no norte da Itália, afirmaram os investigadores.

Cagnazzo informou que nenhuma prisão foi feita durante a operação.

glr/sd/ma/LR

    Leia tudo sobre: iGdrogastráficococaína

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG