Itália abre colégios eleitorais para eleições municipais importantes para premiê

As eleições são consideradas um teste para o governo de Silvio Berlusconi antes das legislativas de 2013

iG São Paulo |

Os colégios eleitorais na Itália abriram neste domingo às 8h (13h em Brasília), no primeiro dia das votações municipais e provinciais parciais para renovar 11 províncias e 1.315 prefeituras, sendo que 11 dessas cidades têm mais de 100 mil habitantes, incluindo Milão, Nápoles, Turim e Bolonha.

Os 13 mil colégios eleitorais permaneceram abertos até as 22h (17h de Brasília) e abrirão de novo na segunda-feira às 7 horas (2h) para fechar definitivamente às 15h (10h). Imediatamente depois começará a apuração dos votos.

Onze conselhos de departamento também serão eleitos na votação, que terá segundo turno nos dias 29 e 30 de maio.

Para essas eleições parciais foram convocados quase 13 milhões de italianos - ou 25% dos 49 milhões de eleitores italianos. Elas são consideradas um teste para o governo de Silvio Berlusconi, antes das legislativas de 2013. O premiê italiano enfrenta quatro processos e uma economia estagnada.

Todos os olhares estão votados para Milão (a capital econômica do país), onde os conservadores governam há 20 anos e algumas pesquisas preveem que podem perder, e Nápoles, onde há 15 anos governa a centro-esquerda. Em Milão, a prefeita Letizia Moratti, do partido de Berlusconi, enfrenta o candidato de esquerda Giuliano Pisapia.

Turim e Bolonha são as outras duas grandes capitais de províncias onde atualmente governa a esquerda.

*Com EFE e AFP

    Leia tudo sobre: itáliasilvio berlusconi

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG