Israelenses protestam contra colonização

Militantes convocam ato pelo fim da "ocupação" de territórios

AFP |

Cerca de dois militantes israelenses realizaram uma manifestação na noite deste sábado em Jerusalém "pelo sionismo e contra a colonização", em um ato convocado pelo movimento contra a ocupação Paz Agora.

Os manifestantes levantavam cartazes que denunciavam a colonização, particularmente na Jerusalém Oriental, anexada depois de ser conquistada pelo exército israelense em junho de 1967.

Reunidos no centro de Jerusalém Ocidental, os manifestantes também agitaram bandeiras israelenses. No palanque, a cantora israelense Avinoam Nini (Noah) aderiu ao protesto com suas canções. Os organizadores do ato convocaram a manifestação para exigir "o fim da ocupação".

Por uma coincidência de calendário, segundo Paz Agora, a manifestação foi realizada no mesmo dia em que os palestinos lembram o aniversário da "Nakba" (catástrofe), o êxodo ocorrido depois da criação do Estado de Israel, em 14 de maio de 1948, e a guerra entre árabes e israelenses que se seguiu.

    Leia tudo sobre: Israelprotestosocupação de territórios

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG