Jerusalém, 22 abr (EFE).- Mais de 70% dos israelenses e dos palestinos estão dispostos a aceitar uma solução de dois Estados para os dois povos no conflito que enfrentam, segundo dados de uma enquete publicada hoje.

O estudo, elaborado a pedido do movimento pacifista One Voice, mostra que 74% dos palestinos e 78% dos israelenses apóiam esta ideia.

Além disso, 59% dos palestinos e 66% dos israelenses rejeitam a opção de um estado binacional.

Dos ouvidos, 55% dos israelenses e 61% dos palestinos se opõem à divisão de Jerusalém, cidade que os dois povos reivindicam como capital.

A ideia da Grande Israel (os territórios bíblicos israelitas que hoje incluem o território ocupado pelo Estado judeu) é inaceitável para 47% dos entrevistados israelenses.

Já 53% dos palestinos estão interessados em um reconhecimento de Israel do sofrimento de seus refugiados.

Mais metade dos palestinos ouvidos também disse que os refugiados devem retornar à Cisjordânia e à Faixa de Gaza, enquanto alguns poucos voltariam ao Estado de Israel. Esta possibilidade é rejeitada por 60% dos israelenses.

A enquete, que conta com duas amostras representativas de ambas as sociedades que somam 1.100 entrevistados, foi elaborada por Colin Irwin, do Instituto de Estudos Irlandeses da Universidade de Liverpool, em coordenação com o israelense Mina Tzemach e o palestino Nader Said, do centro estatístico AWRAD, de Ramala. EFE db/mh

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.