Israelense mata árabe e fere judeu em Jerusalém

Jerusalém, 2 jun (EFE).- Um árabe foi morto e um judeu ficou ferido por disparos de um israelense nesta madrugada nos arredores da Cidade Antiga de Jerusalém, informaram fontes policiais.

EFE |

"Um homem judeu de 48 anos fazia meditação na Cidade Antiga, quando um árabe se aproximou. Ele achou que seria atacado e o baleou, causando sua morte", disse à Agência Efe o porta-voz da Polícia em Jerusalém, Shmuel Ben Robi.

"Pouco depois, encontrou outros dois homens judeus que lhe pediram um cigarro e, segundo declarou, também pensou que seria atacado, e baleou um deles, lhe ferindo gravemente", afirmou.

Os primeiros disparos aconteceram durante a madrugada na praça Tzahal, nos arredores da velha cidadela, enquanto o segundo ataque ocorreu na rua de Hanevim, na região central.

O suspeito foi detido pela Polícia e confessou os crimes, e agora investiga as causas.

Embora ainda não seja descartado um motivo nacionalista, já que a vítima fatal é árabe, a Polícia considera possível que o autor do assassinato "sofra de problemas mentais", e pedirá a um juiz que ordene que seu estado de saúde mental seja analisado, disse Ben Robi. EFE aca/mh

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG