Israel volta a fechar passagens com Gaza após ataque palestino

Jerusalém, 3 jul (EFE).- Israel voltou a fechar esta tarde as passagens fronteiriças com Gaza, em resposta ao lançamento de um foguete Qassam contra seu território no 14º dia de trégua com as milícias palestinas, informaram fontes militares israelenses.

EFE |

Os postos de controles também permanecerão fechados amanhã devido ao ataque, e, no sábado, como de costume, por ocasião do dia sabático, afirmou à Agência Efe o responsável da coordenação militar israelense em Gaza, Peter Lerner.

Por enquanto, nenhuma facção armada palestina assumiu a autoria do disparo do foguete, de fabricação artesanal.

Os sensores do Exército israelense identificaram o lançamento a partir das proximidades da cidade de Beit Hanoun, no norte de Gaza, e uma explosão perto da vizinha cidade israelense de Sderot, mas não o local onde o projétil caiu, especificou um de seus porta -vozes.

O cessar-fogo em Gaza, que completa hoje duas semanas, se caracterizou até agora por quedas pontuais no sul de Israel de foguetes Qassam e bombas, seguidas do fechamento das fronteiras por parte do país em resposta.

O fim das hostilidades, obtido com mediação egípcia, tem duração inicial de seis meses.

Segundo esse pacto, as milícias palestinas têm que deixar de lançar foguetes e bombas contra Israel, que deve, por sua vez, suspender as operações militares em Gaza e levantar progressivamente o bloqueio ao território, que já dura mais de um ano.

Os palestinos lançaram até agora seis projéteis, o que levou o Hamas -que dirigiu o processo por parte palestina- a advertir de que deterá e desarmará os culpados das violações do cessar-fogo, ainda se forem milicianos do grupo.

Israel também descumpriu o cessar-fogo, principalmente com disparos contra agricultores palestinos -que se dirigiam a cultivar terras perto da cerca entre Gaza e o Estado judeu- e contra pescadores, pois a Marinha israelense controla o espaço marítimo de Gaza. EFE ap/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG