Israel viola fronteira e explode paiol do Hisbolá no Líbano

Jerusalém, 15 jul (EFE).- O Exército israelense informou hoje que explodiu um paiol da milícia xiita libanesa Hisbolá no sul do Líbano, a poucos metros da fronteira com o país.

EFE |

A operação, feita na terça-feira, foi informada por fontes do próprio Exército, que pediram anonimato. A munição estava em uma casa na cidade de Khirbet Selm, ao sul do rio Litani, e a cerca de 20 quilômetros da fronteira com Israel.

De acordo com o Exército, havia munição e foguetes de curto alcance no local. "Achamos que este é um dos muitos armazéns de munição no sul do Líbano usados pelo Hisbolá", apontou.

A explosão foi tão forte que danificou as paredes e o teto de uma casa em Kiryat Shmona, em Israel.

O militar informou ainda que tropas da Força Interina das Nações Unidas para o Líbano (Finul) e do Exército libanês tentaram chegar ao local, mas o acesso foi impedido por milicianos do Hisbolá.

Apesar de a imprensa libanesa apontar que a casa estava abandonada desde a guerra entre Israel e o Hisbolá, em 2006, o Exército israelense nega o fato.

Antes de negar qualquer relação com a explosão ocorrida ontem, o responsável do Exército qualificou o fato de "clara violação" da resolução 1701 do Conselho de Segurança da ONU, sobre o cessar-fogo entre Israel e o Hisbolá, mas ainda não levou uma queixa formal.

EFE.

db/dp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG