Israel: ultraortodoxos atiram pedras em prefeito laico de Jerusalém

Dez judeus ultraortodoxos atiraram pedras neste domingo à noite no carro do prefeito laico de Jerusalém, Nir Barkat, informou a Polícia.

AFP |

O prefeito, que voltava de uma visita a um rabino, não ficou ferido, mas seu veículo ficou danificado, explicou a Polícia.

Um conflito foi desencadeado entre a Prefeitura e parte da comunidade ultraortodoxa após a abertura de um estacionamento durante o "shabbat" próximo à cidade antiga de Jerusalém.

Centenas de ultraortodoxos protestaram contra essa decisão no sábado à noite, pela sétima semana consecutiva.

Os ultraortodoxos -que em Jerusalém representam mais de um terço da população hebraica da cidade- consideram que a abertura desse estacionamento desrespeita o dia de descanso por incitar a circulação e a abertura de estabelecimentos comerciais.

A religião hebraica proíbe o trabalho e a circulação de veículos durante o "shabbat", celebrado de sexta-feira a sábado à noite.

jlr/dm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG