Israel suspende estado de alerta em Jerusalém

A polícia israelense suspendeu o estado de alerta que havia imposto nesta quarta-feira durante várias horas, por temer um atentado, afirmou o porta-voz da corporação, Micky Rosenfeld.

AFP |

"Suspendemos o estado de alerta. As coisas voltaram à calma", declarou o porta-voz.

No entanto, acrescentou, a polícia permanecerá vigilante para impedir eventuais atentados.

"Nossas forças foram colocadas em estado de alerta na área de Jerusalém pelo temor de um atentado, em conseqüência das informações recebidas", anunciara mais cedo Rosenfeld.

Os controles nos postos situados em várias entradas da cidade de Jerusalém haviam sido reforçados, assim como o dispositivo de segurança na cidade.

O Magen David Adom (a Estrela de David Vermelha), equivalente israelense da Cruz Vermelha, anunciou em um comunicado ter colocado suas ambulâncias em alerta na cidade.

O último atentado em Jerusalém aconteceu no dia 6 de março. O alvo foi uma escola rabínica na área ocidental da cidade. O saldo foi de oito israelenses mortos, além do autor do ataque.

pa/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG