Israel quer que o presidente americano Barack Obama respeite os acordos concluídos por seu antecessor, George W. Bush, sobre a colonização.

"Quando o presidente americano pede o congelamento da construção, incluindo os jardins de infância, se afasta dos convênios concluídos com Israel pelo presidente Bush", declarou o ministro do Meio Ambiente, Gilad Erdan, muito ligado ao premier Benjamin Netanyahu.

"Em 2004, Bush afirmou em uma carta que as construções poderiam continuar nos grandes blocos de assentamentos em Judeia-Samaria (Cisjordânia). Em virtude deste texto, Israel evacuou depois quase 20 colônias na Faixa de Gaza em 2005", acrescentou.

"Os funcionários do Departamento de Estado americano conhecem os acordos", insistiu.

Netanyahu rejeitou na segunda-feira o pedido americano para Israel congelar a colonização na Cisjordânia, afirmando que o governo não construiria novas colônias e que destruiria as consideradas ilegais, mas que não impediria a expansão natural das colônias existentes.

chw/fp

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.