Israel cogita negociar um tratado de não agressão com o Líbano para garantir a calma na fronteira entre os dois países, informou uma autoridade israelense.

"A opção foi apresentada e debatida há duas semanas na presença do diretor geral do ministério das Relações Exteriores, Aharon Abramovich, durante um colóquio sobre a importância estratégica do processo de paz no Oriente Médio" afirmou a fonte, que pediu anonimato, à AFP.

Para Eran Etzion, diretor do departamento político da chancelaria israelense, um tratado de paz com o Líbano só poderia ser assinado no caso de um tratado similar ser concluído com a Síria antes.

Leia mais sobre Israel - Líbano

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.