Israel pode libertar líder do Fatah em troca de presos com Hamas

Jerusalém, 15 fev (EFE).- Israel estuda libertar muito em breve o dirigente do Fatah Marwan Barghouti através de uma troca de presos com o Hamas, afirmou hoje à imprensa local o advogado do detento, Hader Shkirat.

EFE |

"Não haverá acordo para a libertação de (o soldado israelense, Gilad) Shalit sem a libertação de Marwan Barghouti", ressaltou Shkirat ao canal de televisão "Channel 10", informou a versão digital do jornal "Yedioth Ahronoth".

"O acordo está mais próximo do que nunca. Pensamos e esperamos que pode ocorrer muito, muito em breve, talvez em poucos dias", acrescentou.

Israel negocia com o Hamas, através de mediação egípcia, um acordo para uma trégua na Faixa de Gaza, e pretende incluir no pacto a libertação do soldado Gilad Shalit, capturado em junho de 2006 por três milícias palestinas.

Já o movimento islâmico exige que a negociação para a libertação de Shalit não esteja emoldurada no acordo de cessar-fogo, e deseja que seja incluída em um pacto separado de troca de prisioneiros. EFE aca/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG