Israel pode indenizar danos nas instalações da ONU em Gaza

Nações Unidas, 7 jan (EFE).- A ONU confirmou hoje que está perto de chegar a um acordo com o Governo israelense para o pagamento de uma indenização pelos danos sofridos nas instalações da organização durante a ofensiva militar em Gaza, há um ano.

EFE |

O porta-voz das Nações Unidas, Martin Nesirky, assegurou que as negociações entre o secretariado do organismo e o Governo israelense, iniciadas em julho, estão "muito avançadas", e por isso um anúncio oficial é questão de tempo.

"Chegamos a um princípio de acordo, segundo o qual Israel pagaria à ONU. Falta que o Governo israelense dê o sinal verde, o que esperamos que aconteça em breve", comentou Nesirky em entrevista coletiva.

Nesirky também confirmou que o secretário-geral das Nações Unidas, Ban Ki-moon, e o ministro da Defesa de Israel, Ehud Barak, falaram sobre a questão em conversa por telefone na última terça.

O organismo apresentou ano passado uma reivindicação ao Executivo israelense no valor de US$ 10,5 milhões pelos danos sofridos em suas escolas, escritórios e edifícios em território palestino.

Uma comissão nomeada pelo secretário-geral atribuiu então à "negligência e a imprudência" do Exército israelense sete dos nove ataques sofridos pelas Nações Unidas durante o conflito, e que tiveram como saldo aproximadamente 50 mortos.

A ofensiva israelense contra o movimento islâmico Hamas, entre 27 de dezembro de 2008 e 17 de janeiro de 2009, deixou 1.400 palestinos mortos e outros 5 mil feridos, em sua maioria civis.

Os foguetes lançados por milicianos palestinos de Gaza em direção a cidades israelenses tiveram como saldo 13 civis feridos. EFE.

jju/dp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG