Jerusalém, 8 mar (EFE).- O Governo de Israel permitirá a entrada na Faixa de Gaza da alta representante da União Europeia (UE) para Política Externa, Catherine Ashton, e do secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, anunciou hoje o Ministério de Assuntos Exteriores israelense.

"Em resposta às solicitações especiais do secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, e de Catherine Ashton, alta representante da UE para a Política Externa e de Segurança, Israel decidiu permitir sua entrada na Faixa de Gaza para que possam acompanhar as atividades humanitárias que têm lugar na região", diz a nota da diplomacia israelense.

Ashton disse no sábado passado que é "muito importante" visitar a Faixa de Gaza para observar, em primeira mão, a situação na área sob o bloqueio israelense, e os resultados da ajuda humanitária da UE.

No próximo dia 14, Ashton começa uma viagem pelo Oriente Médico, cuja agenda ainda não está fechada, mas que inclui uma escala em Israel no dia 17, anunciou o Ministério de Assuntos Exteriores israelense.

O secretário-geral da ONU visitou a Faixa de Gaza no ano passado pouco depois do fim da ofensiva militar israelense "Chumbo Fundido", que matou 1.400 palestinos e deixou cinco mil feridos.

Ban foi então a primeira personalidade internacional a visitar Gaza após a ofensiva israelense, que aconteceu entre dezembro de 2008 e janeiro de 2009. EFE db/bba

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.