Israel permite entrada de roupa e sapatos em Gaza pela 1ª vez em 3 anos

GAZA - Israel permitiu nesta segunda-feira a entrada de roupa e de sapatos na Faixa de Gaza pela primeira vez em três anos, desde o fortalecimento do bloqueio ao território palestino após a tomada do poder pelo movimento islâmico Hamas.

EFE |

Raed Fatouh, coordenador do trânsito de mercadorias de Israel para a Faixa da Gaza, declarou que o Estado judeu "autorizou ontem (domingo) a entrada de dez caminhões com esses produtos, cinco deles com roupa e outros cinco com sapatos".

AP
Funcionários palestinos da alfândega inspecionam caminhões com mercadorias

Funcionários da alfândega inspecionam caminhões com mercadorias


Fatouh explicou que a Autoridade Nacional Palestina (ANP), com sede na Cisjordânia, solicitou a Israel a entrada em Gaza de 33 produtos, mas que só conseguiu das autoridades israelenses permissão para a entrega de roupas e sapatos.

"Israel estuda minuciosamente cada um dos produtos e só aceita sua entrada aos poucos", afirmou o funcionário palestino.

Entre os produtos que a ANP solicitou estão materiais de construção, que Israel rejeitou com medo de que sejam utilizados pelos grupos armados que operam no território para construir foguetes artesanais e lançá-los contra solo israelense.

A imprensa local atribui a permissão à entrada de alguns produtos à pressão exercida pelos Estados Unidos sobre Israel para que melhore em alguma medida a precária situação humanitária vivida em Gaza por causa do bloqueio israelense.

Desde que o Hamas expulsou as forças do partido laico Fatah, tomando o poder na região, as autoridades israelenses só permitiram a entrada de alimentos e de remédios.

Leia mais sobre Oriente Médio

    Leia tudo sobre: israelpalestinos

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG