Israel pede apoio da comunidade internacional contra o Hamas

O Estado de Israel gostaria que a comunidade internacional apoiasse sua postura firme contra o movimento islâmico Hamas, que controla a Faixa de Gaza, disse neste domingo a ministra israelense das Relações Exteriores, Tzipi Livni, a seu colega britânico, David Miliband.

AFP |

"Israel não pode ficar de braços cruzados enquanto seus cidadãos são atacados (...). E a comunidade internacional não pode continuar cega", disse Livni.

Miliband chegou neste domingo a Tel Aviv para se encontrar com dirigentes palestinos e israelenses, em um contexto delicado de hostilidades que ameaça a trégua que vigorou nos últimos cinco meses.

Neste domingo, palestinos voltaram a disparar foguetes contra o sul de Israel, ferindo uma pessoa, depois que um ataque aéreo israelense matou quatro militantes palestinos em Gaza.

No primeiro dia de sua visita, o ministro britânico não deu declarações endossando os apelos da ONU e da União Européia para que Israel relaxe o bloqueio à Faixa de Gaza, que sofre com o desabastecimento.

Miliband se encontrou também com o primeiro-ministro do governo israelense de transição, Ehud Olmert, com quem discutiu os esforços para manter as negociações indiretas de paz com a Síria, informou à AFP um porta-voz da embaixada britânica em Israel.

Depois de Tel Aviv, o ministro britânico segue para Damasco.

kir-chw/ap

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG