Israel pede aos EUA que não descartem opção militar para o Irã

O ministro israelense da Defesa, Ehud Barak, pediu nesta sexta-feira aos Estados Unidos que não descartem a opção militar contra o programa nuclear iraniano, depois da eleição do democrata Barack Obama para suceder em janeiro o republicano George W. Bush na Casa Branca.

AFP |

"O que pensamos, já dissemos. Não descartamos nenhuma opção. Recomendamos aos demais que não renunciem a nenhuma opção", declarou o ministro após um encontro em Jerusalém com a secretária de Estado americana, Condoleezza Rice.

"Estamos convencidos de que o Irã continua tentando obter armamento nuclear e segue enganando o mundo com negociações sobre o controle deste armamento", acrescentou Barak.

Obama se distanciou da política de Bush ao mencionar durante a campanha eleitoral a possibilidade de um diálogo sem condições prévias com o Irã, um país punido pela ONU para tentar forçar o fim de seu polêmico programa nuclear.

jlr-pa/fp-lm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG