Publicidade
Publicidade - Super banner
Mundo
enhanced by Google
 

Israel: Partido Likud escolhe seus candidatos para eleições de fevereiro

O Likud, partido conservador da oposição israelense dirigido pelo ex-primeiro-ministro Benjamin Netanyahu, escolheu nesta segunda-feira em suas primárias os candidatos que irão às eleições legislativas antecipadas de fevereiro, nas quais aparece como favorito nas pesquisas.

AFP |

São mais de 140 candidatos, entre eles um ex-chefe do Estado Maior (o general da reserva Moshe Yaalon), um conhecido ator, um ídolo do basquete e descendentes de célebres figuras do sioniosmo, como Benny Begin, filho do falecido primeiro-ministro Menahem Begin, e o neto de Zeev Jabotinsky, ideólogo fundador da direita israelense.

Netanyahu, que foi chefe do governo entre 1996 e 1999, já havia sido a escolha do Likud em 2006. Em 2009 voltará a encabeçar a lista do partido para o pleito do dia 10 de fevereiro.

"Hoje escolhemos a nova direção do país que resolverá os problemas econômicos e de segurança", afirmou Netanyahu após depositar seu voto na urna.

Segundo uma pesquisa divulgada na televisão nesta segunda-feira pelo segundo maior canal de televisão do país, o Likud venceria com 32 dos 120 lugares do Parlamento, enquanto o partido no poder, Kadima, ficaria com 26. Os trabalhistas tiveram a maior perda em relação à atual legislatura, e teriam apenas 10 assentos.

Benjamin Netanyahu é contra os esforços de paz promovidos pelos Estados Unidos desde a conferência de Annapolis (novembre de 2007) e propõe desenvolver a economia palestina antes de iniciar qualquer discussão sobre a criação de um Estado palestino.

Sua principal rival, a ministra das Relações Exteriores, Tzipi Livni, que encabeça o Kadima, lidera há um ano as negociações de paz con os palestinos - que não alcançaram nenhum progresso até agora.

rb-chw/ap

Leia tudo sobre: iG

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG