Israel obriga navio com ajuda humanitária a Gaza a desviar rota

Nicósia, 30 dez (EFE).- Um navio do movimento Free Gaza, que saiu ontem do Chipre em direção à Faixa com ajuda humanitária, foi detido pela marinha israelense e foi obrigado a se dirigir ao Líbano, informaram hoje membros dessa ONG.

EFE |

Segundo as mesmas fontes, os israelenses dispararam contra o navio Dignity, que acabou sendo levemente danificado.

"Exigem que voltemos ao Chipre, mas não temos combustível suficiente para fazer isso. Felizmente ninguém ficou ferido", declarou à Agência Efe por telefone a espanhola María del Mar Fernández, membro do Free Gaza.

Na embarcação há 15 passageiros civis de 11 nacionalidades, além de representantes da organização Médicos Voluntários do Chipre, liderados pela parlamentar cipriota Eleni Theocharous.

Entre os passageiros se destaca a ex-congressista americana democrata Cynthia McKinney, que embarcou para protestar contra a devastação produzida pelas armas vendidas pelos EUA a Israel.

O movimento Free Gaza foi criado há dois anos com o objetivo de chamar a atenção internacional sobre a situação humanitária na Faixa. EFE fl/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG