O partido centrista Kadima de Tzipi Livni mantém seu ligeiro avanço sobre o Likud de Benjamin Netanyahu, que tem mais chance, no entanto, de formar uma coalizão, segundo os resultados oficiais das eleições legislativas em Israel, anunciados nesta quinta-feira.

O Kadima (28 eleitos) diferencia-se por uma cadeira do Likud (27), num total de 120 vagas na Câmara; as restantes ficam com as formações de direita, precisou a comissão eleitoral.

pa/cls/sd

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.