amplo - Mundo - iG" /

Israel: Netanyahu quer que Livni faça parte de um governo amplo

Benjamin Netanyahu, líder do partido de direita israelense Likud e encarregado de formar o novo governo de Israel, quer propor a participação do Kadima, de Tzipi Livni, em um gabinete o mais amplo possível, disse neste domingo um de seus assessores.

AFP |

"Queremos formar um governo o mais amplo possível, e para isso é preciso criar equipes de negociadores", para corrigir diferenças, afirmou à rádio militar israelense o deputado Sylvan Shalom.

"Cada um deve fazer concessões", afirmou o assessor de Netanyahu, que se disse esperançoso de que os trabalhistas de Ehud Barak (13 deputados) também se unam a esse gabinete.

Sylvan Shalom fez suas declarações antes de um encontro previsto para a tarde deste domingo entre o ex-primeiro-ministro Netanyahu e a chefe da atual diplomacia Tzipi Livni.

Nas eleições legislativas de 10 de fevereiro, o Kadima obteve 28 deputados, contra os 27 do Likud. No entanto, a formação conservadora conta a priori com o apoio de 65 dos 120 deputados do Parlamento.

Na sexta-feira, Netanyahu recebeu oficialmente a missão de formar um governo. Ao se abrir para o centro, evitaria uma dependência maior de aliados da extrema direita, além dos eventuais atritos que poderiam ocorrer com o governo Obama, que quer reativar o processo de paz.

ChW/dm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG