Gaza, 3 jan (EFE).- A aviação israelense concentrou hoje seus ataques no norte da Faixa de Gaza, onde o oitavo dia consecutivo de bombardeios já causou a morte de uma criança e de três milicianos.

Na manhã deste sábado, o Exército israelense lançou mais de 30 ataques contra diferentes alvos no território palestino, vários deles imóveis de membros de destaque do Hamas.

Só norte da faixa territorial, pelo menos 23 bombardeios foram registrados desde a meia-noite de ontem, segundo testemunhas.

Entre os três milicianos mortos, o mais importante era o comandante militar Abu Zakaria al-Jamal, que perdeu a vida enquanto inspecionava os combatentes do Hamas que, do oeste da Cidade de Gaza, controlam as posições dos navios da Marinha israelense.

Os outros dois milicianos que morreram estavam no campo de refugiados de Jabalya quando foram atingidos por mísseis lançados de um avião israelense não tripulado que vigiava a fronteira do norte de Gaza com Israel.

Já a criança morta é uma menina cuja casa foi destruída pelos bombardeiros israelenses, que hoje também derrubaram duas pontes no centro da Faixa de Gaza.

Segundo fontes médicas palestinas, 434 pessoas morreram desde o começo da ofensiva de Israel no sábado passado, ao passo que aproximadamente 2,3 mil ficaram feridas. EFE sar/sc

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.