Israel manterá fechados os pontos de passagem para a Faixa de Gaza

Israel decidiu manter fechados nesta terça-feira os pontos de passagem para a Faixa de Gaza depois que, na véspera, foram disparados a partir do território palestino foguetes contra o sul do estado hebreu, anunciou o ministério isralense da Defesa.

AFP |

Um porta-voz militar israelense confirmou que um foguete caiu em Israel na segunda-feira sem causar vítimas ou danos.

Na véspera, Israel autorizou a distribuição de alimentos e produtos de primeira necessidade na Faixa de Gaza, submetida a um severo bloqueio israelense em represália aos disparos de foguete palestinos.

A Agência da ONU para os Refugiados Palestinos (UNRWA), preocupada com o agravamento da situação humanitária na Faixa de Gaza, confirmou nesta segunda-feira que a ajuda alimentar estava a caminho para Gaza.

A UNRWA distribui em tempos normais ajudas alimentares a 750.000 pessoas, ou seja, a metade da população da Faixa de Gaza.

Israel reforçou em 5 de novembro o bloqueio que impõe a Gaza desde que os islamitas do Hamas a tomaram pela força, em junho de 2007, e fechou todos os pontos de passagem nesse território.

Esta medida, adotada pelo ministro israelense da Defesa, Ehud Barak, foi a resposta dada à retomada dos disparos de foguetes e obuses na direção do sul de Israel, depois de uma operação do exército israelenses na Faixa de Gaza.

pa/cn

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG