Israel mantém passagens fronteiriças de Gaza fechadas em represália a ataques

Jerusalém - Israel mantém as passagens fronteiriças com Gaza fechadas hoje em represália a ataques perpetrados na segunda-feira.

EFE |

Milicianos palestinos em Gaza dispararam ontem dois foguetes Qassam contra o território israelense, apesar da trégua estipulada há doze dias.

A decisão de fechar novamente as passagens foi adotada no fim da noite desta segunda-feira pelo ministro da Defesa de Israel, Ehud Barak, apesar do cessar-fogo que rege na Faixa de Gaza entre o Estado judeu e o grupo islamita Hamas, que entrou em vigor em 19 de junho.

O acordo inclui o fim de todos os ataques procedentes da faixa contra solo israelense e das operações do Exército de Israel nesse território palestino, além do progressivo fim do bloqueio a Gaza.

Uma porta-voz militar israelense disse à Agência Efe que todas as passagens fronteiriças permanecerão fechadas até nova ordem, a exceção do principal cruzamento para pessoas de Erez, no norte de Gaza.

Funcionários palestinos citados pela imprensa local disseram que o novo fechamento das fronteiras para produtos e mercadorias de hoje impedirá que entre em Gaza uma carga de cimento esperada há muito tempo.

Leia mais sobre: Israel

    Leia tudo sobre: israel

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG